O Aviso, e a tribulação no mundo e na Igreja


Mensagem de São Miguel ao Pe. Michel Rodrigue. Publicado com a permissão do Pe. Michel Rodrigue.


Cerca de duas semanas antes do Natal, eu disse a Deus: "Pai, se quiseres enviar uma mensagem este ano, estou pronto para ouvi-la e fazer o que quiser". A 3 de janeiro de 2019, recebi uma mensagem quando estava a voltar para casa. Entrou em mim como um raio, atingindo o centro do meu coração. O Pai disse-me:

"Meu filho, tu receberás uma mensagem este ano, mas não será de Mim. Pedi a São Miguel que te desse a mensagem."

Senti uma grande compaixão nas Suas palavras, que me comunicaram que era muito difícil para Ele pronunciar o que está por vir.


São Miguel Arcanjo então começou a falar:

"Michel, tu estás a usar o meu nome desde o dia do teu batismo, que foi celebrado na igreja paroquial de São Miguel. Tu e eu somos limitados pela vontade do Pai e pelo precioso Sangue de Jesus, que salvou o mundo do horror do pecado. Através do Santo Corpo de Cristo, que é a Igreja Católica, servimos o Único Salvador.

Naquele momento, vi uma árvore representando a Igreja com ramos de denominações e divisões cristãs, e o tronco da igreja era a Igreja Católica.

"Venho como mensageiro do Pai Eterno para a Fraternidade Apostólica de São José Bento Labre e para todos aqueles que ouvirem esse chamado."

E então São Miguel transmitiu a mensagem do Pai:

"Vezes após vezes, a Santíssima Mãe de Deus convidou a humanidade a arrepender-se e a retornar ao seu Filho Jesus."

Nossa Senhora apareceu na Terra muitas vezes para lembrar à humanidade para voltar para Jesus, particularmente na história recente da Igreja: em Fátima, Lourdes e Pontmain, França: em Beauraing e Banneux, na Bélgica; em Medjugorje também. Medjugorje é um lugar sagrado. Nossa Senhora também apareceu em Garabandal, onde convidou a todos para lerem as suas mensagens.

As várias aparições em todo o mundo revelaram a necessidade de retornar a Cristo através da confissão do pecado, da recitação do Rosário e de uma sincera devoção à Santa Eucaristia. Várias mensagens foram enviadas à humanidade para alertar sobre o comunismo e o ateísmo prático invadindo o mundo e as sociedades.

Historicamente nos Estados Unidos, os EUA transmitiram o comunismo como uma força política maligna. Hoje, o diabo não está enfrentando um grande show político, mas está introduzindo a subtileza do comunismo e lentamente em toda a sociedade por meio da ideologia. É por isso que chegamos a leis para a eutanásia, por exemplo. Os administradores transmitem que economizaremos dinheiro, mas a fonte desse pensamento vem da ideologia comunista, na qual uma pessoa não é mais uma pessoa, mas é um objeto útil para a comunidade até ao momento em que ela se torna ineficaz - e então ela sai.

"A perversão e blasfêmia dos homens contra Deus e contra a vida, em todas as suas formas, multiplicaram-se a tal ponto que a purificação é agora necessária."

Isso foi muito difícil para Deus dizer a mim e ao mundo.

"Renove a sua consagração aos Santos Corações de Jesus e Maria! Todos aqueles que levaram para casa a Sagrada Família e o presépio de Natal serão protegidos. Tenha cuidado para manter seu coração vivo, apreciando todas as maravilhas que o Senhor fez por você ao longo da sua vida."

"Uma grande escuridão avança no mundo, e logo os olhos dos filhos de Deus verão como a Terra é contaminada pelo pecado. As almas estão a "chover"no inferno. Deus visitará o seu povo."

"É preciso estar em estado de graça para receber a salvação. Que aqueles que não são batizados solicitem o Santo Batismo pela salvação que os esperam. Que os que são batizados redescubram o estado de graça, se o perderam por causa dos seus pecados. Este ano, certifique-se de fazer uma confissão geral, aceitando os mandamentos de Deus como a luz das suas vidas e confessando todos os seus pecados cometidos ou omitidos."

"Continue com a oração do Rosário. Ore com a Palavra de Deus. Continue em jejum, se possível, às quartas e sextas-feiras para a salvação dos pecadores. À Fraternidade Apostólica de São Bento Joseph Labre, lembro que o carisma da cura e da libertação é exercido em primeiro pelo jejum e pela oração."

"Para todos, digo: "Seja fiel!" Não se deixe enganar pelas falsas doutrinas do diabo. Orem aos anjos de Deus, que são seus guardiões e protetores. Peça a intervenção dos exércitos celestiais neste momento, que é sua. Vocês verão o poder de Deus se desdobrar no meio da fraqueza. Eu e todos os anjos comigo estamos aqui para defendê-lo e protegê-lo dos assaltos do maligno."

"A bênção do Pai, do Filho e do Espírito Santo vos acompanhe."

"A partir de agora, a hora está a chegar e o dia está próximo em que veremos a salvação de Deus. Seja cuidadoso! Hoje, mais do que nunca, oramos com a Mãe de Deus para que os apóstolos dos últimos dias se levantem!

Obrigado por responderem ao chamado do Senhor.

- St. Michael, o Arcanjo



Fim dos tempos, não o fim do mundo!

O tempo que está para vir não é o fim do mundo. Por favor, coloque isso na sua cabeça. O que está a aproximar-se é o fim de um tempo conturbado, no qual estamos a entrar agora. [Pe. Michel chama esse período antes do "Aviso", a tribulação menor e o tempo após o "Aviso", a tribulação.] Tudo isto terminará, como Nossa Senhora nos prometeu em Fátima, com o seu glorioso triunfo, e a paz florescerá em toda a Terra:


"No final, meu Imaculado Coração triunfará. . . e um período de paz será dado ao mundo. "


O Pai explicou-me que quando Jesus morreu, Ele morreu não apenas pela nossa salvação, mas Ele renovou tudo. Nesta próxima era de paz, teremos um novo céu e uma nova Terra, renovados com o dom da redenção de Jesus Cristo. Ele purificará este mundo, e toda a criação estará sob Seu nome glorioso.

Mas Satanás voltará. [Pe. Michel disse que isso aconteceria depois de três gerações.] Somente após o seu retorno será o fim do mundo: o último julgamento, a Segunda Vinda, quando o Triunfo do Coração de Jesus, o Rei do Universo, será manifesto.

Os tempos são urgentes. A tribulação virá, e será em breve. Estamos num momento de emergência. Quando o Pai me deu a fraternidade, pediu que eu construísse tudo rapidamente, porque será um refúgio para muitos padres que virão para lá. Muito do que vocês testemunharão será orquestrado pelo diabo. Vocês verão pessoas a lutar entre si por uma razão política. A perseguição aos cristãos, que já começou, pessoa a pessoa através do ridículo e da acusação, virá de leis que são ilegalidades. Vocês não serão capazes de seguir essas leis em boa consciência; portanto, a perseguição cairá sob autoridade civil.

Uma missa ecumênica será introduzida na Igreja. Será formulada por diferentes chefes religiosos, primeiro, num comité. Como passo final, será proposta a Roma, ao papa. Um documento do papa Francisco, Magnum Principium, entrou em vigor a 1 de outubro de 2017, o qual deu autoridade às conferências dos bispos nacionais para incluir novos termos ou orações no rito da Missa para os seus países. Muitos países estão agora presos em pecados do matrimónio e já se desviaram do caminho do Senhor. Se os sínodos dos bispos desses países tiverem autoridade para fazer um rito alterado da Missa, pode ter certeza de que eles trarão algo errado ao papa. Se o papa não assinar as suas propostas, isso significa rejeitar o que ele já lhes deu o poder de fazer, o que acontecerá? Cisma, que é uma das coisas que veremos em breve na Igreja.

Roma apenas assinará o documento porque sentirá que toda a autoridade foi dada aos bispos para fazer essas mudanças no seu próprio país. Isso não significa que será o papa quem aceita o documento.

Poderá discernir que a missa é ecumênica, porque as palavras da consagração não serão mais as mesmas. Não deve participar das chamadas "missas". Seria melhor comer uma bolacha de refrigerante, porque o pão ainda será pão. Não será consagrado. Este será o primeiro sinal do templo. A Igreja está agora a entrar no túmulo e passará pelos mesmos passos de Jesus. Nós não somos melhores que o Mestre; nós somos apenas Seus seguidores.

O anticristo já está na hierarquia da igreja agora, e ele sempre quis sentar-se na cadeira de Pedro. O Papa Francisco será como Pedro, o apóstolo. Ele perceberá os seus erros e tentará reunir a Igreja sob a autoridade de Cristo, mas ele não será capaz de fazê-lo. Ele será martirizado. O papa emérito, Bento XVI, que ainda usa o seu anel papal, intervirá para convocar um conselho, tentando salvar a Igreja. Eu vi-o, fraco e frágil, sustentado de ambos os lados por dois guardas suíços, fugindo de Roma com devastação por toda parte. Ele esconder-se-á, mas será encontrado. Eu vi o seu martírio.

Recentemente, tive uma reunião com o meu bispo. Um padre estava lá, e eu estava a falar sobre os sinais dos últimos tempos que apontam para os nossos tempos, e o padre disse: "Não, não, não. No século 13, essa coisa má aconteceu, e no século 18, essa coisa má também aconteceu. . . "

"Sim, eu também sei dessas coisas, é claro", eu disse. "Coisas más sempre aconteceram, mas não estou a falar do século 13 ou 18, estou a falar de sinais universais. Sinais dos tempos. Quando se fala um pouco sobre esse fim dos tempos, as pessoas sempre apontam para um tempo na Igreja em que as coisas eram difíceis. [1] Sim, as coisas eram difíceis num país, mas não noutro. Agora, as coisas estão piores, não apenas num país, mas em todo o mundo.

A Igreja passou por tempos de grandes problemas no passado, mas nunca vimos tantas trevas na Igreja Católica como agora. A Igreja Protestante também entrará no túmulo porque eles também são cristãos, e o diabo está a trabalhar em todos os lugares para matar e destruir a fé. Essa é a diferença. Este é o sinal dos nossos tempos. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça! Quem tem olhos para ver, veja!

A confusão reinará. Ouvir-se-á rumores de guerra, mas a guerra ainda não chegará. Terremotos, inundações, furacões, doenças e pragas chegarão ao mesmo tempo em lugares diferentes. O tempo e as temperaturas mudarão na Terra. Essas são algumas das "dores de parto".

Haverá fome. Jesus apresentou-me isso recentemente. Eu estava no meu quarto e, quando me sentei, preparando-me para ir para a cama, vi um cavaleiro preto a chegar. Isso significa fome. Ouvi: "Eles terão dinheiro, mas não terão pão", o que significa que pode ter dinheiro para comprá-lo, mas não encontrará nada.

Então todo o dinheiro irá falhar, por isso é bom doar o seu dinheiro agora, pois ele desaparecerá. Haverá uma grande revolta. Verá a revolução nas suas ruas. As pessoas brigarão abertamente. O governo não terá outra escolha senão instituir a lei marcial. Ao mesmo tempo que a lei marcial começar, o mesmo acontece com a guerra.

Então o "Aviso" virá. Eu vi isso. As estrelas, o sol e a lua não brilharão. Tudo será preto. De repente, nos céus, um sinal de Jesus aparecerá e iluminará o céu e o mundo. Ele estará na cruz, não em Seu sofrimento, mas em Sua glória. Atrás Dele, sob uma luz pálida, aparecerá o rosto do Pai, o Deus Verdadeiro. Será algo, garanto isso.

Das feridas nas mãos, nos pés e nas laterais de Jesus, raios brilhantes de amor e misericórdia cairão sobre toda a Terra, e tudo irá parar. Se você estiver num avião, ele irá parar. Se estiver a andar de carro, não se preocupe - o carro irá parar. Se me perguntar: "Como pode ser isso?" Eu direi: "Deus é Deus. Ele é o Pai Todo-Poderoso, Criador do céu e da Terra. Se ele colocou pe. Michel cá fora, no universo, como um pedaço de poeira, acha que Ele não pode parar a matéria? Acredita que o seu pequeno avião o incomodará? Não. Foi isso que Deus me disse; mas Ele também disse essas coisas a outras pessoas, como em Garabandal, em que Santo Padre Pio acreditava.

Tudo será fixado no tempo, e a chama do Espírito Santo iluminará todas as consciências da Terra. Os raios brilhantes das feridas de Jesus perfuram todos os corações, como línguas de fogo, e nos veremos como se estivéssemos num espelho à nossa frente. Veremos as nossas almas, quão preciosas elas são para o Pai, e o mal dentro de cada pessoa será revelado a nós. Será um dos maiores sinais dados ao mundo desde a ressurreição de Jesus Cristo.

Quando o Papa João XXIII rezou no final da convocação do Vaticano II para que um novo Pentecostes viesse e renovasse a humanidade, ele não estava apenas a orar pela Igreja, porque a Igreja já havia recebido o seu Pentecostes. Ele estava a pedir um Pentecostes para toda a humanidade. E é isso que vai acontecer. Jesus vai responder a esta oração do papa João XXIII.

A iluminação (Aviso) durará cerca de quinze minutos e, neste pré-julgamento misericordioso, todos verão imediatamente para onde iriam se morressem naquele momento: céu, purgatório ou inferno. Mas mais do que ver, eles sentirão a dor dos seus pecados. Aqueles que iam ao purgatório verão e sentirão as dores do seu pecado e purificação. Eles reconhecerão as suas falhas e saberão o que devem corrigir dentro de si. Para aqueles que estão muito próximos de Jesus, verão o que devem mudar para viver em completa união com Ele.

O Pai quer que eu proclame que não precisam temer. Para quem acredita em Deus, este será um dia amoroso, um dia abençoado. Verá o que deve corrigir para realizar mais da Sua vontade, para ser mais submisso à graça que Ele deseja lhe dar para a sua missão na Terra.

Para aqueles que iriam para o inferno, eles queimarão. Os seus corpos não serão destruídos, mas eles sentirão exatamente como é o inferno, porque já estão lá. A única coisa que faltava era o sentimento. Eles experimentarão os espancamentos do diabo, e muitos não sobreviverão por causa do seu grande pecado, eu lhes asseguro. Mas será para eles uma bênção, porque pedirão perdão. Será a salvação deles.

Muitos não entendem o Evangelho de Mateus, capítulo 24:

"Imediatamente após a tribulação daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará sua luz, e as estrelas cairão do céu, e os poderes dos céus serão abalados. E então o sinal do Filho do Homem aparecerá no céu, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu com poder e grande glória. E ele enviará seus anjos com um toque de trombeta, e eles reunirão seus eleitos dos quatro ventos, de um extremo ao outro do céu. "(Mateus 24: 29-31)

O luto acontecerá quando as pessoas experimentarem os seus fracassos e a dor dos seus pecados. Eles expressarão a sua contrição abertamente, sem conhecer o que está ao redor, porque estarão tão absorvidos pela experiência e assustados, como em Fátima, quando o sol começou a dançar e mergulhou na direção de 100.000 pessoas que se ajoelharam e confessaram publicamente os seus pecados, com medo de morrer.


Deus Pai deu-me uma mensagem sobre o Aviso a 6 de abril de 2018:

"Minhas crianças,

Escute a minha voz. Ouça as minhas palavras pronunciadas pelo meu amado filho, Jesus. Ele é a Minha Palavra que consola, cura e salva.

Não tenha medo deste tempo. EU SOU Quem sou, e nunca deixarei cair um fio da sua cabeça sem o Meu consentimento.

Muitos de vocês têm medo, à procura de saber o momento em que intervirei neste mundo. O meu Filho é Aquele que manifestará a Sua glória quando chegar a hora. Nele, tudo será realizado. As vossas orações e sacrifícios, unidos aos da minha filha Maria e oferecidos em reparação ao Santo Sacrifício do Meu Filho, salvam o mundo. Uma oração simples e humilde pode atingir Satanás. Não deixe que o seu coração seja perturbado. Eu ouço as vossas orações.

Em verdade vos digo, meu amor misericordioso atuará de acordo com a redenção oferecida pelo meu amado filho.

Não quero morte e condenação para nenhum de vocês. Tanto sofrimento, tanta violência, tantos pecados agora ocorrem na Terra que eu criei. Agora eu ouço os gritos de todos os bebés e crianças que são assassinados pelo pecado dos Meus filhos que vivem sob o domínio de Satanás. NÃO MATARÁS. ("Essas palavras foram muito fortes", disse o padre Michel.)

Ore e tenha confiança, não quero que sejam como aqueles que não têm fé e que tremerão durante a manifestação do Filho do Homem. Pelo contrário, ore, regozije-se e receba a paz dada pelo Meu Filho Jesus.

Eu sei tudo sobre vós, sobre os vossos filhos, e sobre a sua família. Eu também ouço as demandas do vosso coração. Ore por este dia da minha ternura misericordiosa, que será derramada através da manifestação do meu filho Jesus.

Que tristeza quando devo respeitar o livre arbítrio e chegar ao ponto de dar um "Aviso" que também faz parte da Minha misericórdia. Esteja pronto e vigilante para a hora da Minha misericórdia.

Eu vos abençoo, meus filhos.

Traduzido para português pelo Apostolado de Garabandal em língua portuguesa - Abril de 2020